Home  >  Quem Somos  >  Nossa organização  >  Nossa história
Nossa organização

Nossa história

Alguns pontos interessantes da nossa história

«Já em 1896, duas décadas após a invenção do telefone, um serviço de ajuda por telefone foi criado pelo padre batista Harry Warren em Nova Iorque. A sua ideia era utilizar o telefone para contactar eventuais suicidas para lhes demonstrar soluções alternativas ao suicídio.

A ideia estava condenada ao fracasso, não havia muitos telefones.

Em 1953, um centro de chamadas urgentes para suicidas foi criado no Reino Unido. O padre batista West publicou o seguinte anúncio num jornal de Londres: “Before you commit suicide, ring me up!” (Antes de tentar suicidar-se, telefone-me!). A ideia surgiu-lhe após o funeral de uma jovem de 14 anos que se tinha suicidado. Por razões pessoais, West não pode continuar com a sua iniciativa e o pastor anglicano, Chad Varah, assume protagonismo. Espantado com o número de suicídios em Londres, publica no dia 1 de novembro de 1953, um anúncio no jornal “Times com o mesmo conteúdo, ao qual junta o seu número de telefone.

Pouco tempo depois, o número de chamadas que recebia era tão elevado que não conseguia responder a todas sozinho. Para o ajudar, escolheu mulheres e homens e criou a organização “The Samaritans”. O nome era um programa em si mesmo: Na história bíblica, é o samaritano que cuida dos feridos, doentes, necessitados ou aqueles que tenham sido ‘vítimas de bandidos’, e isto sem levar em conta a sua reputação, e sem perguntas sobre a religião ou raça, simplesmente focado na sua responsabilidade com o seu semelhante.»

Citação: www.telefonseelsorge.de

A seguir, o exemplo de outras organizações que se desenvolveram por toda a Europa, a SOS Détresse – Hëllef iwwer Telefon foi criada no Luxemburgo.

Sobre este assunto, alguns pontos-chave:

  • 1975-1988, primeira formação para os futuros colaboradores voluntários do serviço telefónico.
  • 1976, criação da associação sem fins lucrativos (a.s.b.l) SOS Détresse – Hëllef iwwer Telefon. Criação do primeiro Conselho de Administração e elaboração dos Estatutos.
  • 1977, início da atividade de ajuda telefónica.
  • 1994, convénio com o Ministério da Família. Contratação de profissionais pela primeira vez e constituição do Conselho de Colaboradores Voluntários.
  • 2004, reconhecimento como associação de interesse geral.
  • 2008, “Agrément formation et conseil socio-familial” do Ministério da Família e da Integração.
  • 2013, início do serviço de aconselhamento por correio electrónico SOS OnlineHelp.

 

Retour en haut de page